Nada de preço camarada para o PlayStation Vita em 2012


Chefe da Sony Studios nega possibilidade de baratear o portátil neste ano. Para ele, foco está em agregar valor ao produto.

 (Fonte da imagem: Divulgação/Sony)
Se você estava esperando que a Sony anunciasse um corte no preço do PlayStation Vita durante a gamescom ou na Tokyo Game Show, é melhor rever suas economias mais uma vez. Mesmo com as vendas pouco expressivas de seu portátil, a empresa afirmou que não planeja reduzir o valor pelo qual ele está sendo vendido atualmente.

Em entrevista ao site Eurogamer, o chefe da Sony Studios, Shuhei Yoshida, afirmou que ainda é muito cedo para realizar essa “queda”, principalmente se levarmos em consideração que o sistema foi lançado há apenas alguns meses. Ele disse estar ciente que as pessoas realmente querem pagar menos e afirmou que a empresa está trabalhando nisso, mas esse ainda não é o momento ideal.

Mas a resposta que todos querem saber é quando isso deve acontecer. Infelizmente, Yoshida não deu nenhuma dica sobre isso, se limitando a dizer que, para este ano, os planos da Sony estão em agregar valor ao portátil, seja com os tão esperados jogos como com os bundles exclusivos — que acompanharão as versões de LittleBigPlanet e Call of Duty para o console.

 (Fonte da imagem: Divulgação/Sony)

Além disso, ele disse que a vinda do PlayStation Mobile ao Vita também deve ser algo muito positivo nesse aspecto, pois permitirá que o sistema coexista com outras plataformas concorrentes, como a App Store e a Google Play, que trazem jogos para smartphones e tablets e preços muito menores do que os cobrados em video games. Com isso, estúdios independentes poderão investir mais no sucessor do PSP e os jogadores vão adquirir esses títulos sem ter de pagar US$ 40 ou US$ 50.

No entanto, a expectativa em torno da possível redução no preço do PlayStation Vita não é algo tão recente assim. Desde que o portátil chegou às lojas em março, por US$ 250 — que viraram R$ 1.600 no Brasil —, e as vendas estagnaram, muita gente achou que a Sony iria seguir os passos da Nintendo com o 3DS, que passou pelos mesmos problemas e só viu a situação melhorar após anunciar um corte significativo no valor do produto.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s