Bradesco cria modelo de depósito em cheque via celular


Novidade, segundo o banco, enfrenta entraves da legislação brasileira

App Bradesco

Leonardo Pereira

O Bradesco lançou nessa quinta-feira, 27, um modelo diferente de depósitos. Em breve, os clientes do banco não precisarão ir até uma agência para trocar o papel do cheque pelo valor que ele representa, graças a um sistema que funciona em smartphones.

O Centro de Inovações da Scopus, empresa tecnológica do Bradesco, criou um aplicativo pelo qual é possível digitalizar o cheque. O cliente fotografa os dois lados da folha e escreve seu valor em um campo, então é criado um arquivo com essas informações.

Depois, basta ir ao app principal do banco e escolher no menu a opção “depósito em cheque”, que fica em meio a outras como transferências, consulta a saldo etc. Ali é preciso escolher o arquivo correspondente e seguir com o processo.

A solução está disponível a clientes das duas agências digitais da instituição e pode ser conferida no Bradesco Next, espaço para experimentos que fica no Shopping JK Iguatemi, em São Paulo.

Em entrevista ao Olhar Digital, o diretor executivo do banco, Candido Leonelli, explicou que por enquanto o cliente será obrigado a fazer o cheque chegar às mãos da instituição, “porque a legislação brasileira é retrógrada”. “A lei do cheque aqui no Brasil terá de ser adaptada, porque hoje o cheque precisa ser carimbado.”

Há um detalhe importante: a compensação só é feita depois que o cheque estiver com o banco, mas isso pode mudar conforme o perfil do cliente. Se houver bom relacionamento com a instituição (histórico favorável e nenhuma pendência) o dinheiro cai na hora; caso contrário, é preciso esperar – e, neste caso, o aplicativo não serve para nada.

As duas agências digitais contam com serviço de entrega, então o cliente tem como usar um courier para mandar os cheques, que também podem ser levados até o banco ou via ATM (caixa eletrônico). “Por enquanto”, garantiu o executivo, “porque, no futuro, o cliente fica com o cheque e após a compensação ele joga fora, rasga, pois não serve pra mais nada.”

Segundo Leonelli, futuamente a novidade será implementada em toda a rede, assim como outras ideias apresentadas no Bradesco Next. O conceito do espaço é justamente sensibilizar os clientes e entender se as inovações ajudam, ou não, na vida de cada um. Haverá ao menos um lançamento por mês, sendo que em outubro devem aparecer dois. “E o próximo com certeza vai envolver mobilidade”, prometeu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s