TIM nega dívida de R$ 6,6 bilhões


Companhia foi acusada de irregularidades no balanço financeiro

TIM

A TIM desmentiu nesta terça-feira à tarde que tenha dívida de R$ 6,6 bilhões referente a irregularidades em seu balanço. A denúncia partiu do acionista minoritário JVCO Participações, do empresário Nelso Tanure.

Em comunicado, a empresa disse que o valor refere-se “a contingências cujo o grau de risco não exige provisionamento segundo as normas contábeis aplicáveis”. 

Tanure alega que a operadora de telefonia possuía “mais de 6,6 bilhões de reais em autuações existentes em 31 de dezembro”, com provisão de R$ 126,5 milhões para este risco.  

A empresa defende-se. “Todas as premissas de avaliação de risco adotadas pela companhia, que resultaram nas provisões de contigências reportadas nas suas demonstrações financeiras, inclusive aquelas de ordem tributária, foram feitas em estrito cumprimento com todas as regras contábeis aplicáveis”, afirmou a TIM, segundo a Reuters.

A notícia da suposta irregularidade levou à queda das ações da companhia na Bovespa. Às 15h58, os papeis tiveram desvalorização de 5,84% e foram cotados a R$ 7,41.

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM), autarquia vinculada ao Ministério da Fazenda, ainda não comentou o assunto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s