Cientistas conseguem deixar objeto perfeitamente invisível


Feito só foi alcançado com microondas, invisíveis a olho nu, e ainda não pode ser replicado com luz visível

 

manto de invisbilidade

O “manto da invisibilidade” pode estar a caminho de sair das páginas de Harry Potter e seu universo de magia para entrar nos livros de ciência. Isso porque um grupo de cientistas da Universidade de Duke, nos Estados Unidos, conseguiu, pela primeira vez tornar perfeitamente invisível um objeto.

Entretanto, antes de se imaginar vestindo uma capa explorando o mundo sem a possibilidade de ser visto, saiba que o feito foi alcançado apenas com microondas, invisíveis ao olho humano. Ainda seria bastante difícil reproduzir o resultado com luz comum, o que significa que, para um observador comum, o objeto ainda seria visível.

Para conseguir a façanha, David Smith e Nathan Landy utilizaram um losango com as bordas trabalhadas para permitir que a luz passasse diretamente por ele, sem reflexos. A luz contornou perfeitamente um cilindro de 7,5 centímetros de diâmetro e 1 centímetro de altura.

Outro problema com o projeto, até então, é que ele só torna o objeto invisível com a luz vinda de uma única direção. “É como os personagens de baralho de Alice no País das Maravilhas. Se elas viram de lado você não consegue vê-las, mas são obviamente visíveis se você olhar de outra direção”, disse David Smith à BBC.

Como informa a revista científica Nature Materials, já havia esforços para a criação de um manto de invisibilidade, mas até o momento, todos eles resultaram em alguma parte da luz refletida. Isso resultava em uma ilusão incompleta, mais escura do que a realidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s