Em nova análise, TIM garante que não derruba sinal de propósito


Avaliação feita pela Ericsson contrapõe documento interno da Anatel

TIM

A TIM divulgou o resultado da investigação independente promovida após acusação de que ela derrubou ligações móveis de forma proposital. Segundo o documento, as desconexões não foram “intencionais”.

polêmica começou em agosto, quando um relatório interno da Agência Nacional de Telecomunicações sugeriu que a operadora interrompia as chamadas no plano Infinity, cobrado por ligação, e não por tempo.

No período estudado, segundo a Anatel, a instabilidade verificada foi de 24%, índice muito superior ao das rivais. Na avaliação realizada pela Ericsson, no entanto, a taxa de queda foi de 2,09%, portanto, em linha com os 2,04% anunciados à época pela empresa.

O resultado do estudo foi endossado pela consultoria pricewtaherhouseCoopers. “As conclusões ratificam a afirmação feita pela companhia em comunicado anterior, negando qualquer prática de ilícito ou qualquer manobra que ferisse a transparência no relacionamento com seus clientes”.

A TIM notificou a Anatel. “Ambos os estudos foram concluídos recentemente e apresentados à Anatel, como contribuição para o trabalho que a agência está concluindo no sentido de esclarecimento da questão”, diz em nota.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s