Google paga US$ 208 mil a australiano difamado


Milorad Trkulja, 62, foi vinculado a mafiosos nos resultados de busca

Google faz propaganda no Firefox

Google foi obrigado a pagar US$ 208 mil (R$ 435 mil) a um australiano por ter atrelado o nome dele a mafiosos nos resultados de busca. Milorad Trkulja, 62, recebeu um tiro nas costas em 2004, mas o crime nunca foi esclarecido.

Trkulja argumentou que a vinculação levava à interpretação de que ele era uma figura criminosa notável em seu país, o que teria motivado o ataque. Além dos nomes de bandidos, o australiano foi atrelado ao site “Melbourne Crime”, especializado em questões da máfia.

Google ainda tentou – sem sucesso – negar que tenha contribuído para a difamação, dizendo que agiu apenas como um canal para divulgação de conteúdo de terceiros. No entanto, para o juiz David Beach, seu papel na divulgação foi equivalente ao de um grupo de comunicação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s