Item por item, muitos dos produtos lançados na CES


Veja as principais novidades da maior feira de eletrônicos do mundo

CES 2013

Nesta sexta, 11, chegou ao fim a edição de 2013 da Consumer Electronics Show (CES) – a maior feira de eletrônicos do mundo, que acontece anualmente em Las Vegas.

Foi uma semana cheia de novidades das quais ainda vamos ouvir falar muito, principalmente aqui no Olhar Digital.

A feira contou com mais de 3 mil expositores e 150 mil visitantes convidados. Então você pode imaginar a quantidade de anúncios que aconteceu por lá. Por isso, resolvemos fazer um resumo dos lançamentos da exposição.

Algumas dessas novidades estarão nas estantes dos mercados, em nossas casas ou bolsos em um futuro próximo; outras ainda demorarão um tempo para se tornarem palatáveis, mas já podemos ficar de olho.

TVs e telas para todos os lados

As televisões ainda são um dos principais produtos do mercado de eletrônicos. Na CES 2013 não foi diferente. Elas ganharam muita atenção, principalmente por conta das novas tecnologias anunciadas.

OLED finalmente é realidade

Reprodução

Apresentada no ano passado pela LG, a inovação foi considerada o melhor daCES 2012. E agora ela finalmente chega ao mercado. Neste ano, Samsung,Panasonic e Sony também exibiram suas TVs OLED.

OLED é uma tecnologia baseada em diodos orgânicos emissores de luz e considerada a sucessora do LED. A grande vantagem é que ela permite imagens com mais contraste, além de TVs mais finas (com cerca de 0,4mm de espessura) e ainda são mais eficientes no consumo de energia.

Samsung e LG exibiram TVs curvas de OLED, que prometem experiência de “imersão” para o usuário, independentemente do ângulo que ele estiver olhando para a tela.

O problema é o preço. A TV OLED da LG, que chega aos EUA em março, custará a bagatela de US$ 12 mil. As outras ainda não informaram data de lançamento nem preço.


A hora e vez do 4K

Reprodução

Outra tecnologia de imagem que chamou muita a atenção e está mais próxima da realidade e dos bolsos é o 4K.

O 4K possui quatro vezes mais definição que o padrão Full HD. E isso é muita coisa. São imagens tão belas e reais, que muitas vezes fazem você esquecer que não está no cinema.

Sony, LG, Toshiba, Sharp e Samsung foram algumas das empresas que apresentaram televisores 4K na feira. A Samsung ainda mostrou uma com tela de 110’’, que está bem longe de chegar às massas.

Também teve tablets 4K, como o gigantesco da Panasonic, que conta com uma “telinha” de 20’’.


Os tablets ainda são legais

Falando nos tablets, eles também estão muito bem, obrigado. Afinal de contas, é um produto que continua com uma boa perspectiva de mercado, prometendo até mesmo ultrapassar os notebooks neste ano.

A impressão que ficou nesta CES é que os tablets ainda buscam novas identidades. Ou pelo menos é isso o que muitos dos lançamentos com um quê de experimentalismo indicaram. Vale lembrar que o iPad não marcou presença na feira, já que a Apple faz os seus próprios eventos.


Gigantablets

Reprodução

Além do já citado tablet de 20’’ com tela de 4K da Panasonic – que promete ser mais voltado ao mundo empresarial – também apareceram outros gigantes. Um deles é VSD240, da ViewSonic, com 24 polegadas e que roda Android 4.1. O destaque fica para sua placa gráfica, uma Nvidia Tegra 3. Embora frequência de 1,7 GHz não seja das mais elevadas, a GPU pode trabalhar bem no grande display.

Outro tablet ogro que deu as caras na CES foi a Horizon IdeaCentre, da Lenovo. O brinquedo tem tela de 27’’ e pesa 7,7 Kg – não é exatamente o tipo de aparelho que podemos chamar de móvel e colocá-lo na mochila, muito menos levantá-lo para tirar fotos em um show.


Tablets “convencionais”

Também teve muita coisa bacana e que você poderá comprar logo mais. Foram diversos modelos diferentes de tablets com Windows 8 e Android anunciados. Nós separamos alguns dos mais interessantes nessa matéria aqui.

Ainda vale destacar a entrada de duas calouras nesse ramo: a Polaroid e a Gigabyte.

Brinquedo de criança

Reprodução

Quem pensa que tablet era coisa só de adulto está bem enganado. Apesar de não ser o foco das empresas, a Polaroid, Ematic e a fundação OLPC apresentaram novidades na área. Confira mais detalhadamente aqui.


Novidades quentes para os games

Apesar de o mercado de games ter uma feira anual gigante (a E3), ele também invade a CES. Nesse ano em especial rolaram muitas surpresas bem interessantes.

Reprodução

Project Shield

A Nvidia, conhecida por suas placas gráficas, decidiu finalmente entrar no mercado de portáteis ao anunciar o Project Shield. O videogame é uma espécie de controle com uma tela sensível ao toque acoplada. O mais interessante é que o aparelho roda Android Jelly Bean, acessa os aplicativos do Google Play e tem um processador Tegra 4. Ele ainda conta com o recurso Big Picture para acessar os jogos da Steam.


Razer Edge

A Razer também surpreendeu os gamers com o Razer Edge. O aparelho basicamente é um tablet com uma configuração poderosa e Windows 8 – o que permite a ele rodar diversos jogos de PC. O mais bacana é que ele permite que você anexe diversos acessórios e utilize-o não só como tablet, mas também como videogame (portátil ou na TV) e como notebook.


Xi3 Piston

O prometido “SteamBox”, um mini computador/videogame que roda os jogos da Steam, serviço da Valve ficou mais perto da realidade. A Xi3 apresentou um aparelho chamado Piston, que também funciona com o serviço Big Picture. Detalhes de hardware, preço e disponibilidade do produto ainda são um mistério.


Smartphones para todos os gostos e bolsos  

Assim como no caso dos tablets, parece que as fabricantes de smartphones procuram novas identidades. A Huawei lançou o Ascend Mate, anunciado como o “maior smartphone do mundo” por conta de sua tela de 6.1’’. Enquanto isso, a Alcatel anunciou o One Touch Idol Ultra, ou o “smartphone mais fino do mundo”, com 6,45mm de espessura.

A Sony, que não estava tão preocupada em entrar no Guiness, lançou o Xperia Z, ou o “smartphone à prova d’água”, que não vai chegar ao Brasil. Ela também anunciou o Xperia ZL – esse sim vai ser lançado por aqui, só que com o nome de Xperia ZQ.

A Lenovo lançou uma série de novos smartphones, entre os quais o K900 merece destaque por ser o primeiro a contar com um processador Intel Atom dual-core.


Tela flexível

Reprodução

Um dos pontos altos da CES talvez tenha acontecido na apresentação daSamsung em que ela exibiu o Youm, um protótipo com tela flexível. A novidade promete cores e contrastes mais nítidos funcionando em uma plataforma bem mais fina. Infelizmente não há nada concreto a respeito de quando tal inovação será adotada.

Processadores ainda mais potentes

As fabricantes de processadores apresentaram grandes avanços na feira – o que significa que logo mais teremos aparelhos ainda mais potentes e econômicos.

Samsung

A Samgung apresentou os processadores Exynos 5 Octa, que contam com dois conjuntos de quatro núcleos – um Cortex A7 de 1.2 Ghz para tarefas mais leves e outro Cortex A15 com 1.8 Ghz para as atividades mais pesadas.

Segundo a empresa, o Exynos 5 Octa será o mais rápido e com maior economia de energia do mercado. A expectativa é que ele economize 70% de bateria a mais que os atuais processadores da Samsung.


Qualcomm

Já a Qualcomm revelou os chips Snapdragon 200, 400, 600 e 800. Os processadores são equipados com a tecnologia LTE, prometem performance até 75% superior que seus antecessores e o novo protocolo Wi-fi – o 802.11ac.

A linha 800, que será a mais potente, será equipada com com quatro núcleos Krait 400 de 2.3GHz, GPU Adreno 330, memória LPDDR3, reprodução de vídeos com resolução 4K e suporte para a conexão com monitores com resolução de até 2560×2048 pixels.

Intel

Intel também revelou uma série de processadores novos, mais econômicos e até voltados a novos mercados. Entre os anúncios, destaque para uma nova plataforma de smartphones para mercados emergentes, detalhes sobre o próximo SoC quad-core de 22nm para tablets, dispositivos Ultrabook mais pessoais e intuitivos.

A quarta geração da família Intel Core terá redução do consumo de energia, podendo chegar a consumir apenas 7W (ou 13W, dependendo do critério utilizado na medição).


Carros sem motorista

Outra novidade bem interessante e futurística veio das montadoras Audi e Toyota, que apresentaram seus carros automatizados.

Reprodução

Vale lembrar que o Google trabalha com a tecnologia desde 2009. A Toyota chegou a informar que seu carro inteligente, na verdade não tem a intenção de substituir o motorista, e sim ajudá-lo a dirigir de maneira mais segura. Já a Audi tem a intenção de realmente aposentar o condutor com seu aplicativo que mapeia o caminho e informa ao carro as coordenadas que ele deve seguir.


Muito mais

CES revelou ainda outros tantos gadgets interessantes que merecem atenção.

A Kingston, por exemplo, apresentou seu pendrive de 1TB. O problema é que o preço deverá ser astronômico, afinal a versão de 500 GB custa “apenas” US$1.750.

A impressora 3D CubeX também atraiu holofotes por imprimir objetos coloridos com até 1.030 centímetros cúbicos – o tamanho de uma bola de basquete. O produto deve chegar ao mercado no mês que vem por US$ 2.499.

Mas isso tudo é só uma pequena parte, porém importante, do que rolou por lá. Daqui para frente é esperar para pôr as mãos em todas essas tecnologias e acompanhar suas evoluções aqui no Olhar Digital. Até lá, compartilhe conosco nos comentários o que mais te interessou da feira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s