Durango: instalação e Kinect serão obrigatórios em novo console


Novas informações sobre o próximo console da Microsoft vazam e trazem mais detalhes sobre o que está por vir.

Durango: instalação e Kinect serão obrigatórios em novo console (Fonte da imagem: Reprodução/Mercado Livre)

Os rumores sobre a nova geração não param, nem mesmo durante o Carnaval. E enquanto você aproveitava sua folga, eis que uma tonelada de supostos detalhes sobre o próximo console da Microsoft surgiu na internet mostrando um pouco das funcionalidades e exigências do Durango.

Uma fonte ligada ao site Kotaku garantiu ter acesso a dois kits de desenvolvimento do próximo Xbox e detalhou alguns dos recursos que a empresa pretende trazer em seu novo sistema. Tanto que ele se identifica como SuperDaE, ou seja, o mesmo usuário que tentou vender um kit no eBay há alguns meses.

Apesar de ser impossível confirmar a veracidade da identidade desse contato, ele realmente parece ser muito bem informado, principalmente ao afirmar ter até mesmo visto alguns títulos da nova plataforma em funcionamento. E para quem não vê a hora de conferir os gráficos, suas impressões são empolgantes. Segundo ele, é como se você estivesse jogando Halo 2 em um Xbox clássico durante toda a sua vida e, de repente, se deparasse com um PC poderoso rodando Crysis. Tentador, não?

Tudo em seu HD

Esqueça a ideia de um console Arcade, como existe no Xbox 360 atual. De acordo com SuperDaE, a Microsoft vai tornar o uso de HDs no Durango algo obrigatório, uma vez que todos os jogos terão de se comunicar diretamente com o disco rígido para funcionar, e não mais com a mídia física.

Durango: instalação e Kinect serão obrigatórios em novo console (Fonte da imagem: Reprodução/SegmentNext)

Isso significa que a instalação do jogo no sistema passa a ser obrigatória, algo que a empresa vê como algo necessário para melhorar o potencial do aparelho e acabar com alguns problemas apresentados nesta geração. Assim, ao inserir a mídia no console, o conteúdo será automaticamente instalado. A boa notícia é que você não precisará esperar o término da operação para começar a jogar, já que isso pode ser feito em segundo plano.

Segundo o desenvolvedor misterioso, a instalação obrigatória irá trazer grandes benefícios, principalmente em termos de desempenho. Como o sistema não precisará se dividir entre os dados do Blu-ray — considerando que esta será a mídia do novo Xbox — e do HD, se concentrando neste, a tendência é que a fluidez e a troca de informação aconteçam de maneira muito mais rápida. Outras vantagens são a diminuição no tempo de loading e nas atualizações.

Um novo Kinect, também obrigatório

Olhe bem para o Kinect que acumula poeira em sua estante e saiba que ele não passou de um protótipo para o que a Microsoft pretende adicionar em seu novo video game. De acordo com SuperDaE, há um novo modelo do periférico em desenvolvimento que deve estrear juntamente com a nova geração.

A grande novidade, contudo, é que ele deixa de ser um simples acessório e passa a ser uma parte básica do console. Isso faz com que o sensor de movimento também seja algo obrigatório no Durango e que o sistema não funcionará sem ele.

Durango: instalação e Kinect serão obrigatórios em novo console (Fonte da imagem: Reprodução/Gadgety News)

Por mais estranho que seja isso, o conceito faz muito sentido. Como item fundamental no aparelho, a Microsoft quer condicionar os desenvolvedores a programarem seus games já com as câmeras e os sensores em mente, fazendo com que o Kinect deixe de ser um simples extra na jogabilidade, mas parte integrada dela.

Além disso, a qualidade do acessório também foi melhorada significativamente. Isso fica claro quando sabemos que o Kinect 2.0 passará a reconhecer até mesmo seis pessoas, identificando quem elas são e quais ações estão realizando.

A câmera também recebeu uma atualização, ficando ainda mais potente. Como já havia sido especulado, agora ela passa a reconhecer seus dedos individualmente — imagine quantos títulos vão permitir que você ofenda o outro jogador — ou se sua mão está aberta ou fechada. Outra possibilidade é a leitura de expressões faciais, o que nos faz imaginar os potenciais narrativos que isso pode trazer.

Por fim, SuperDaE explica que a lente mais aberta também faz com que o ângulo de reconhecimento seja bem maior nesta nova geração, permitindo que o console “enxergue” de maneira muito mais ampla, o que deve economizar tempo na hora de calibrar o novo Kinect.

Várias coisas ao mesmo tempo

O Kotaku ainda menciona outra funcionalidade muito interessante que pode aparecer no próximo Xbox: o multitarefa. Sabe o terrível alerta de que você só pode realizar determinada ação se sair do jogo? Pois isso deixa de existir, já que o console deve ser capaz de realizar todas elas ao mesmo tempo.

Durango: instalação e Kinect serão obrigatórios em novo console (Fonte da imagem: Reprodução/Gizmodo)

O mais interessante é o que essa adição pode fazer de novo no aparelho. Segundo o site, isso representa desde funções básicas, como abrir o navegador ou o Facebook enquanto você joga — algo que, guardadas as devidas proporções, o Wii U e o 3DS já conseguem fazer, assim como o Vita — até operações mais específicas.

A ideia com o sistema multitarefa do Durango é permitir que o jogador rode diversos games simultaneamente, podendo alternar entre um e outro sem qualquer restrição e sem medo de perder seu progresso. Para isso, basta abusar de novos comandos, como o “Suspender” e o “Pausar”, que devem congelar o título por um período para que ele possa ser retomado mais tarde. Está no meio de uma partida de FIFA 15 e sua namorada quer dançar com Just Dance 6? Pois agora você pode fazer a troca sem perder seus gols.

A tão esperada configuração

Por fim, a página traz o que deve ser a configuração final do próximo Xbox, ou seja, aquela que chegará ao consumidor. Com base em documentos apresentados por SuperDaE, vemos uma versão evoluída das supostas especificações para desenvolvedores que vazaram nas últimas semanas.

Durango: instalação e Kinect serão obrigatórios em novo console (Fonte da imagem: Reprodução/Kotaku)

É o caso do processador de 8 núcleos 64 bits de 1.6 GHz e da GPU de 800 MHz pronta para o DirectX 11.x, que devem ser responsáveis por todo o desempenho incrível prometido para a nova geração. E confirmando os boatos anteriores, o Durango realmente parece aproveitar o uso de aceleradores de hardware para auxiliar as unidades de processamento, espalhando as funções para potencializar o desempenho.

Além disso, a bem informada fonte ainda garante a existência de 8 GB de memória DDR3 dedicada para os jogos e 32 MB para o sistema, divisão que também deve agilizar alguns processos.

Contudo, como já deve saber, tudo isso são apenas rumores. Apesar de se tratar de um dos vazamentos mais detalhados sobre o console da Microsoft, nada garante que isso não é apenas uma versão não finalizada do sistema ou apenas outra pegadinha muito bem montada. Mesmo que SuperDaE já seja um nome bem conhecido em relação ao Durango, não custa nada duvidar das informações — ao menos até o anúncio oficial do aparelho.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s