Saiba como deverá ser o próximo Xbox


Reunimos as principais informações que circulam sobre o novo console da Microsoft

xbox

Renato Santino

Microsoft dará o pontapé inicial em sua nova geração de consoles na terça-feira, 21. A empresa deve mostrar ao mundo o novo Xbox no campus da companhia em Redmond, nos EUA, a partir das 14 horas, no horário de Brasília.

Como é comum em grandes anúncios, a companhia não confirma absolutamente nenhuma informação sobre o seu novo console que, para fins oficiais, “não existe” até amanhã. Entretanto, muitas informações extra-oficiais já circulam pela imprensa internacional.

Reunimos aqui as principais informações sobre o novo Xbox. Confira:

Hardware
Pouco foi especulado sobre a potência do hardware do novo Xbox, mas espera-se que ele, no mínimo, esteja próximo do que já foi anunciado no Playstation 4 da Sony. Um suposto diagrama aponta que o processador, assim como o PS4, deverá adotar a arquitetura x86 e abandonar a PowerPC o que facilitaria o desenvolvimento de jogos por aproximar a plataforma do PC, mas inviabilizaria a retrocompatibilidade, que poderia ser alcançada apenas por emulação de software, ou pela inclusão de hardware específico para esta função.

O processador teria oito núcleos, rodando num clock de 1,6 GHz, apoiado por uma placa de vídeo com Direct3D 11.x, com frequência de 800 MHz. Mais 8 GB de RAM DD3 três completam o que rodaria por baixo da carcaça do console.

Outras possibilidades apontadas pelo diagrama são uma entrada USB 3.0 e uma entrada HDMI.

IlumiRoom
Esta talvez seja a aposta mais ambiciosa da Microsoft para a nova geração de consoles, mas ele já não é mais um segredo. A companhia o apresentou durante a CES e outros vídeos já foram divulgados ao longo dos meses seguintes, detalhando o funcionamento do aparelho. Resta saber se ele já será um acessório durante o período de lançamento ou se será colocado no mercado posteriormente.

Trata-se de um projetor que expande a experiência de jogo para além da televisão do usuário. O dispositivo pode ampliar o cenário e reproduzir imagens e cores relacionadas ao game pelo ambiente onde o jogador estiver. Segundo a empresa, o aparelho é capaz de reconhecer a mobília da sala para adaptar melhor as imagens e prevê 11 tipos de utilização.

O aparelho, no entanto, tem suas limitações: ele necessita de ambientes escuros para funcionar e depende de muitas variáveis do local onde está instalado, assim como qualquer projetor.

Sempre online?
A maior polêmica deste período de especulações sobre o novo console daMicrosoft girou em torno da conexão à internet. Muito se disse que a companhia poderia apostar em um videogame que precisasse estar conectado 100% do tempo para funcionar, o que impediria o single-player offline.

A medida teria como objetivo evitar a utilização de jogos piratas ou games usados, já que cada disco teria um código que seria conferido para evitar que ele pudesse ser utilizado em mais de um aparelho.

Um memorando interno da Microsoft que foi vazado para a imprensa, no entanto, desmentiu a conexão obrigatória em seu novo console, mas não diz nada sobre a utilização de recursos para bloqueio de jogos usados ou piratas.

Kinect 2
O novo Kinect certamente será um dos carros-chefe da apresentação do novo console da Microsoft. O sensor de movimentos do Xbox foi um dos sucessos da geração e deve ganhar uma versão melhorada.

O campo de visão deve ser ampliado, bem como a resolução das câmeras utilizadas pelo dispositivo, que devem registrar imagens em 1080p em 30 quadros por segundo. Outra mudança importante é que a comunicação com o console deverá ser feita por uma entrada USB 3.0, o que deve aumentar a velocidade do tráfego de dados.

Também foi especulado que o novo Kinect poderá ser utilizado como forma de reconhecer o número de pessoas em uma sala como forma de restringir a veiculação de conteúdo protegido por direitos autorais para um número maior do que o permitido pelos termos de uso da Microsoft, o que exigiria um pagamento extra pelo cliente.

Não se sabe se o Kinect 2 será ou não obrigatório.

Nome
Reprodução

Desde que começaram as especulações sobre o novo Xbox, ele tem sido chamado informalmente de “Xbox 720”, já que, obviamente, o número representa duas vezes o valor atual. Este nome, no entanto, não parece ter chamado a atenção da Microsoft. O console é chamado internamente pelo codinome “Durango”, que também não deve se refletir no produto final, assim como o Playstation 4 era chamado de “Orbis”.

O nome que está mais em alta no momento parece ser “Xbox Infinity”, que aproveitaria a semelhança do símbolo de infinito (∞) com o número “8” que tem marcado os produtos da empresa como o Windows 8 e o Windows Phone 8.

Até mesmo o nome “Xbox 8” já foi ventilado, mas os rumores acabaram não indo adiante.

Mídia óptica
A geração atual marcou o início da popularização da distribuição digital de jogos, que, além de mais barata, é alternativa poderosa contra a pirataria. Uma possibilidade levantada era de que a Microsoft poderia apostar em um console com conteúdo 100% digital, sem jogos em caixa para a geração. A ideia parece ter sido desmentida com o suposto memorando enviado a funcionários vazado para a imprensa.

Segundo o documento, o novo Xbox terá capacidade de leitura de Blu-Ray, o que significa uma evolução em relação ao formato atual, que utiliza DVD de dupla camada para os jogos. Com isso, o armazenamento pularia os cerca de 10 GB atuais para até 50 GB, o que permite games mais bem trabalhados, sem a necessidade de troca de discos no meio do jogo, pelo menos no início da geração.

Também poderão ser reproduzidos filmes em Blu-Ray, que permite qualidade de 1080p.

Central multimídia
Outra tendência que deve se consolidar nesta geração é a transformação doXbox em central de mídia, o que já acontece com o 360, mas deve ser amplificado. Um dos recursos interessantes que têm sido ventilados é a utilização do console como uma espécie de decodificador de TV a cabo, por meio da entrada HDMI que deverá ser incluída no novo console.

O videogame, então, funcionaria exatamente como os aparelhos que as operadoras de TV a cabo fornecem aos seus clientes, permitindo visualização da grade de programação, gravação de conteúdo. A função, obviamente, dependeria de acordos com as empresas e poderia não chegar ao Brasil, mesmo que se confirme no anúncio nos Estados Unidos.

Preço e lançamento
Microsoft já estuda diferentes modos de cobrança pelo console, que em sua versão livre de contratos custaria US$ 500. Entretanto, a companhia pensa em oferecer a opção de compra do aparelho por US$ 300, mas com um contrato para pagamento de mensalidade de US$ 10 por dois anos pelo benefício de uso da Xbox Live Gold.

Na prática, o console com contrato acabaria custando US$ 540. Porém, atualmente, quem gosta de jogar online já precisa desembolsar US$ 50 por ano pela utilização da Xbox Live Gold. Ao final de dois anos, então, seriam US$ 600 gastos na compra do console sem contrato.

Este modelo de vendas que permite um preço menor com mensalidades já foi implantado nos EUA no final desta geração, com o Xbox 360. Por lá, os compradores tem a opção de pagar US$ 99 pelo console com o Kinect, mas com uma mensalidade de US$ 15 por dois anos.

O lançamento deve acontecer praticamente junto do Playstation 4, no final deste ano. O final de novembro é o período mais provável.

Controle
O controle do Xbox está para mudar na próxima geração. Bastante elogiado pelo design, ele deverá sofrer mudanças nos criticados direcionais. Além disso, os rumores mais recentes sobre este quesito dizem que ele poderá ser um pouco menor e com uma aparência um pouco achatada.

Também já foi especulado que o controle poderia trazer uma superfície de toque, como a Sony fez com o DualShock 4, o controle do PS4.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s